quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Um excerto de amor!

Na página "O segredo de um beijo" deste blog
...coloquei uma foto dos meus pais.
Casados há quase 60 anos...facilmente trocam uns beijos...
fruto de uma relação duradoura.

Na velhice...o amor que os une...enche-nos de emoção!


 Leia comigo:

"Acabavam de festejar as bodas de ouro e não sabiam viver, nem um momento,
um sem o outro, nem sem pensarem um no outro, e cada vez o sabiam menos...
 à medida que se agravava a velhice.
Nem ele nem ela podiam dizer se essa dependência recíproca se fundia
 no amor ou na comodidade, mas nunca se tinham interrogado com a mão sobre o coração,
porque, desde sempre, ambos preferiam ignorar a resposta.
Ela tinha descoberto, a pouco e pouco, a incerteza dos passos do marido,
as suas mudanças de humor, os seus lapsos de memória,
o hábito recente de soluçar a dormir, mas não interpretou como sinais inequívocos,
de oxidação final, mas sim como um regresso feliz à infância.
Por isso, não o tratava como a um velho difícil, mas como a um menino senil, 
e esse engano foi providencial para os dois, porque os salvou da compaixão.
...
Mas se alguma coisa tinham aprendido juntos...era que...
a sabedoria só nos chega quando já não nos serve para nada.
...
cada novo dia era mais um dia que se ganhava!"

O Amor nos Tempos de Cólera
Gabriel García Márquez

Meus pais aprenderam juntos
...que mesmo na velhice...o amor é lindoooooooooooo!

Sem comentários:

Enviar um comentário