quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Delícia de amoras silvestres!

Já vos mostrei esta sobremesa


 algumas vezes...

mas desta vez acrescentei 
leite condensado e resultou 
num verdadeiro sucesso!


A receita é simples:

Seguem-se as instruções da 
embalagem da gelatina
mas...substitui-se a água fria por
iogurte e leite condensado!!!
(receita da nutricionista a ideia do iogurte)

Então vejam o que aconteceu um dia destes:


Fiz a tarte à noite e para meu espanto...
faltava uma fatia!


A explicação estava na porta do frigorífico!

É que eu...nesse dia tinha andado às amoras:



E pretendia fazer uma calda com um 
pouco de açúcar e manteiga:


Na hora de servir...deliciosa:


E com o que sobrou das amoras...recheei uma torta:


Não sei as quantidades...

 pois fui misturando duas gemas
com açúcar...sumo de uma laranja e manteiga;

Depois bati as claras em castelo e adicionei
o creme lentamente...sem deixar de bater;

Por fim fui acrescentando  a farinha
 com fermento... até obter
a consistência que me parecia acertada;


E acertei...numa bela e deliciosa torta de
amoras silvestres:


23 comentários:

  1. Hmmmm...Nos deixas BABANDO aqui E adorei o bilhete, boa justificativa! Delícias não faltam! bjs, chica

    ResponderEliminar
  2. Querida amiga,
    essa tarte parece ótima... bem docinha!!!
    Vou comprar amoras, porque aqui vendem-nas baratas e dão essa compota maravilhosa. As amoras de cá são mais macias do que as daí, por isso faço sempre compota quando venho nesta época.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. hahahaha.... já me fartei de rir, o pormenor do bilhete está demais.
    Tem um óptimo aspecto, parabéns pela dica, acho que um dia deste vou fazer.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Bom dia querida!
    Por aqui só gostosuras!
    Beijos... Fátima.

    ResponderEliminar
  5. Ora aí está um fruto que me delicia as amoras e o bolo deve ser espectacular.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  6. Amoras, adoro! Faz-me voltar à minha infância e à casa da minha avó materna onde havia uma amoreira enorme.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. O recado na porta do frigorífico está o máximo! Com imagens destas é uma tentação.
    Tu tens mesmo jeito para estas coisas e as fotos ficaram fantásticas!

    Beijos Graça

    ResponderEliminar
  8. hummmm... que delícia!
    Obrigada pela partilha!
    Bjs

    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Tenho saudades de apanhar amoras silvestres...muitas.

    Beijinhos e obrigado pela dica.

    Irei experimentar.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Ai amiga, que tortura olhar p/essas delícias e não poder experimentar kkk
    Hummmmmm
    Bjsssss

    ResponderEliminar
  11. As amoras são minhas frutinhas favoritas, prefiro-as aos morangos e mirtilos, pois são parecidas com mini cachos de uvas, desde pequena eu me sentia uma gigante ao comê-las... Adorei a mensagem do teu sobrinho, que lindo... Beijos, Graça querida. Que Deus cuide muito bem de você e da tua cadelinha, tua companheirinha de tantos anos...

    ResponderEliminar
  12. Oi Graça, com certeza o bilhete respondeu satisfatoriamente sobre o pedaço faltante da tarte, e eu como sempre fico aqui a salivar!!! Bjucas

    ResponderEliminar
  13. Olá Maria da Graça,

    hummmmm! que doces deliciosos flor, fiquei aguada de vontade!
    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  14. A torta já comia!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  15. Amo esta fruta! Deu água na boca... huummm!!!!!

    ResponderEliminar
  16. Parece mesmo deliciosa a tarte e quem a provou 1º aprovou ;o) Tem jeito para o desenho lá isso tem ;O) Beijinho

    ResponderEliminar
  17. Só como amoras, quando estou no "paraíso".

    ResponderEliminar
  18. Graça,eu adoro esta tua tarte,faço sempre cá em casa e assim com leite condensado e aromas hum n resisto também,feliz final de semana,beijinhos

    ResponderEliminar