quinta-feira, 2 de abril de 2015

Caminhando pela aldeia

Por aqui...os terrenos que pertencem aos meus pais
além de não serem muito grandes...
encontram-se dispersos pelo lugar e arredores!

Começo por vos mostrar a paisagem
vista da nossa casa:





Saio do portão...


e vou ver um dos terrenos
onde tinha eucaliptos e pinheiros...
alguns vendidos e outros...
transformados em lenha:





É aí que me apercebo o quão grande 
é a aldeia que me viu nascer!

A lenha tem de ser um elemento
presente na nossa casa para a lareira
e a bailarina que aquece a água:


De regresso a casa...aqui e ali
elementos da natureza irresistíveis
ao meu olhar:










Mais uma paragem: o único terreno afastado de casa
onde temos vinha...árvores de fruto  
(já plantadas por mim) e habitualmente
coloco as abóboras e os curgetes
pois não lhes falta espaço para se desenvolverem:


Em duas manhãs...
rapámos a erva que cresceu no inverno:


Plantei 10 árvores de fruto há 3 anos
...uma roubaram-ma
...outra secou e as restantes estão floridas!

Vejam a flor da cerejeira:




Há tempos...alguém me perguntava se eu gostava
de viver na aldeia?

Gosto muito...mas o mar faz-me muita falta!
Tenho a minha casa no Porto...com
uma vida de 35 anos...é o meu lar!

Aqui na aldeia...
tenho a nossa casa...cuidava da mãe
e agora sou a cuidadora do pai!
Vou deixar que o tempo me mostre
o que um dia farei!!!

29 comentários:

  1. A natureza é linda e faz prodígios.

    Boa Páscoa!

    ResponderEliminar
  2. Que maravilha de reportagem!

    Gosto de fotografar aldeias e se pudesse passava férias numa bem interior.

    Desejo-te uma Feliz e Docinha Páscoa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Que linda tua aldeia e as fotos mostraram muito bem! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  4. A paisagem é maravilhosa, gosto tanto das nossas terrinhas!
    Gosto muito da minha aldeia, tem umas vistas fantásticas e ainda lá tenho os meus pais e duas irmãs. No entanto não sei se não sentiria falta do que a cidade me oferece: bons acessos a tudo o que preciso, em termos de cuidados de saúde e em termos de emprego e ainda tenho tudo à mão para as minhas adoradas artes. Gosto muito da "minha" cidade, pequena, com qualidade de vida. Não sei se a teria na aldeia...
    Atualmente visito a minha aldeia, umas duas a três vezes por ano e apesar de adorar, quando lá estou, fico cheia de vontade de vir para a minha casa... bichinho do mato é o que sou... :)
    Beijinho, boa Páscoa e um abraço ao paizinho para fique forte, saudável e feliz, dentro dos possíveis!

    ResponderEliminar
  5. Fotos lindas, que transmitem uma vontade imensa de relaxar na tranquilidade amena do mundo rural. Posso saber como se chama a sua Aldeia? Fiquei curiosa!
    Páscoa Feliz e beijinhos com carinho da - capinha-

    ResponderEliminar
  6. Lindos esses campos...acho que o mar cansa muito mais que o campo, a mim o ar da minha aldeia por exemplo enche-me de força para continuar a labuta do dia a dia aqui na cidade.
    Amanhã bem cedo parto em direcção à minha terra, pelo que deixo-te um abraço amigo e votos de Boas Festas de Páscoa para si e família.

    ResponderEliminar
  7. Fotos muito bonitas. Acredito que sinta falta da sua casa e da sua vida na cidade. Não é fácil a mudança. Por agora é assim. Mais tarde certamente saberá o que fazer.Pode ter sempre a casa da aldeia como a casa de férias. Beijinhos e uma Páscoa feliz.

    ResponderEliminar
  8. Como é linda a tua aldeia Graça
    E as belíssimas fotos trazem o encanto mágico da natureza com suas belezas naturais. Ameiiii e me deu saudades da terra que viu nascer

    Que a páscoa traga paz, amor, esperança e fé. Que o milagre da vida encante seu coração. Que os laços da nossa amizade se renovem e se fortaleçam no amor de Cristo. Uma feliz páscoa para vocês e os teus
    Um super beijo

    ResponderEliminar
  9. Muito linda a sua aldeia Graça! Onde fica?! As paisagens são-me familiares...Imagens fantásticas e deram-me uma saudade da minha terrinha! Abraço e boa Páscoa

    ResponderEliminar
  10. Olá, lugares maravilhosos, eu gosto muito do campo mas, prefiro a praia o mar é fantástico...com carinho tenha uma boa Páscoa.

    ResponderEliminar
  11. Boa noite amiga!
    Você uma pérola de filha, pois saiba que o que está fazendo com certeza foi e é a melhor escolha. O lugar é lindo, moro também no interior e adoro. Mas confesso que o mar, realmente é mais encantador. Mas Deus sabe perfeitamente o que é melhor para nós.
    Tenha uma ótima Páscoa!
    Tudo de bom sempre!
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderEliminar
  12. Que linda a vista da sua casa! Encantadora essa sua aldeia. <3

    ResponderEliminar
  13. Olá amiga graça!
    Belíssimo Post, quanta sensibilidade nas fotografias...
    Querida , sobre a técnica que usei nas toalhinhas: É igualzinho ao Patchapliqué, só que não se usa PAPAEL TERMOCOLANTE e sim FILME TERMOCOLANTE, por isso não é necessário casear (mas se quiser, também pode).
    Boa Páscoa!
    Fátima.

    ResponderEliminar
  14. As aldeias na época da Páscoa tem um toque tão especial!
    Bjxxx

    ResponderEliminar
  15. Belas paisagens!!

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Me encantó tu blog, muy interesante y entretanido, si me permites me quedo como seguidora, y te invito a que me visites, saludos, Abril

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  18. Gostei muito das fotos e a calma aldeã agrada-me , mas não para viver sempre nela.

    beijinhos de Páscoa feliz junto aos seus, Maria da Graça

    ResponderEliminar
  19. Oi, Graça!
    Meu coração também se divide entre o mar e a montanha, mas pelo sim, posso visitar a montanha de vez em quando. Se lá morasse, certamente estaria querendo vir para cá...
    O lugar onde mora tem uma natureza muito bonita, além de um horizonte que convida a contemplação. Eu gostava de ter uma rede a balançar para as horas de leitura, seria fascinante!
    Sinta-se orgulhosa de sua morada e pense seriamente em manter-se por aí, pois seus laços são bem fortes com o lugar e tire férias na praia...
    Feliz Páscoa!!
    Beijus,

    ResponderEliminar
  20. Gostei de passear pelas suas terras que parecem serem muitas.
    Difícil cuidar de tudo, concorda?
    Há que ter ajudantes.
    E aqueles gatinhos? São seus?

    ResponderEliminar
  21. É Páscoa! Cristo está vivo, o túmulo está vazio, Ele ressuscitou!!! A mais bela festa dos Cristãos.
    Crentes no Amor de Deus Pai que nos deu seu Filho Jesus Cristo que permanece conosco pela força do
    Espírito Santos, seguimos nossa caminhada na construção de um mundo mais justo, fraterno, humano,
    harmonioso e de doação.
    Todos somos promotores da Paz!
    Feliz, Santa e Abençoada Páscoa.
    Um doce abraço, Marie.

    ResponderEliminar
  22. Que o final de semana seja de muita paz
    Desejo um Pascoa com família e muito chocolate
    Agradeço seu carinho de sempre e elogio seu post

    Meu eterno abraço
    Bjusss
    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  23. Olá Maria da Graça,

    linda a sua aldeia, você escolheu umas paisagens bonitas e as fotos estão nítidas! Admiro seu trabalho na terra e é como disse, o tempo lhe dirá o que fazer flor!
    Tenha uma feliz Páscoa.
    Beijão,
    Lu

    ResponderEliminar
  24. OLÁ QUERIDA
    Amei o seu terreno. Verdadeira natureza com seus encantos.Que você tenha uma santa e abençoada Páscoa.
    Uma abraço

    ResponderEliminar
  25. Que paraíso, Graça! O contacto com a Natureza é tão bom, um autêntico privilégio. Desfrute ao máximo desse belo recanto e da companhia do seu paizinho que deve estar contentíssimo por ter a filha junto de si.Uma Páscoa Feliz é o que vos desejo! Beijinhos!

    ResponderEliminar
  26. Ahhh, você mora no campo.

    Que lindo, que lindo...mas...por ai tem gatunos também...puxa, por aqui, plantei um ipê logo na entrada da chácara, roubaram...fiquei triste, mas, acabei plantando outro!!

    Graça,amei suas fotos, a Natureza sempre em festa.

    beijinhos, Lígia e =ˆ.ˆ=

    ResponderEliminar
  27. Olá Graça, um privilégio ter um pedaço de terra para plantar e colher. Amei ver a sua aldeia, as flores da cerejeira,O gatinho ..tenho o mesmo sentimento que tens, gosto de minha vida de campo cá na Bélgica mas sinto falta do mar do Algarve e do meu Brasil. Beijinhos



    ResponderEliminar
  28. Olá Graça, um privilégio ter um pedaço de terra para plantar e colher. Amei ver a sua aldeia, as flores da cerejeira,O gatinho ..tenho o mesmo sentimento que tens, gosto de minha vida de campo cá na Bélgica mas sinto falta do mar do Algarve e do meu Brasil. Beijinhos



    ResponderEliminar